Prepare-se para a quarta semana do Advento

Publicado em 19 de dezembro de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

textoAdvento04

Entramos na Quarta Semana do Advento. Aproxima-se a celebração do Natal. Nós jovens, cristãos, temos a obrigação de celebrar o nascimento do Menino Jesus como convém, com meditação e oração.
A liturgia nesta Última Semana do Advento nos faz recordar em Lucas as belas passagens de Maria, a adolescente mais adulta e corajosa que já existiu.
 

Rezemos o Magnificat:

A minha alma glorifica o Senhor. 
Meu espirito se alegra em Deus, meu Salvador. 
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva. 
Doravante todas as gerações me proclamarão Bem-aventurada. 
Porque o Todo-poderoso fez em mim maravilhas. 
Santo é o seu nome. 
A sua misericórdia se estende de geração em geração 
sobre aqueles que o temem. 
Ele manifesta maravilhas com o seu braço: 
Dispersa corações orgulhosos. 
Derruba o trono dos poderosos, 
e exalta os humildes. 
Aos famintos ele enche de bens 
Despede os ricos de mãos vazias. 
Socorre seu povo, seu servo, 
lembrando sua própria misericórdia. 
Como havia prometido aos nossos Pais, 
em favor de Abraão e de sua descendência 
Para sempre. (Lc 1,46-55)

O exame de gravidez de Maria foi publicado pelo Anjo Gabriel, que assiste diante de Deus. Nenhuma mulher, senão Maria, recebeu tão bela saudação diretamente de um anjo enviado por Deus: “Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo”. Definitivamente ela não é como as demais. Isabel, sua prima, logo que ouviu a saudação de Maria ficou cheia do Espírito Santo e, sem saber de sua gravidez, anunciou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu vente. Donde me vem a honra de vir a mim a mãe de meu Senhor”. 
Recordamos nesta Quarta e Última Semana do Advento o nascimento de Jesus, que mudou toda a história.

A liturgia desta semana se volta para Lucas, capítulo 1, versículos 26 a 79, onde podemos meditar um dos tempos mais belos da nossa liturgia.

As leituras se dirigem a disposição da Virgem Maria em assumir a vontade de Deus acolhendo em seu ventre o salvador.  Como família devemos viver a harmonia, a fraternidade e a alegria que esta próxima celebração representa. Todos os preparativos para a festa deverão viver-se neste ambiente, com o firme propósito de aceitar a Jesus nos corações.

É tempo de festa, é tempo de acolher a chegada do Menino Deus!!

É Natal!

Um menino nos foi dado

E a nós foi revelado

O Plano de amor do Pai

É Natal!

E Jesus se faz criança

E em nós nasce a esperança

De reaprender a amar

É Jesus, o Príncipe da Paz

Sinal para os perdidos

Astro que brilha mais

É Jesus, mão forte do Senhor

Consolo e ternura

Do Pai olhar de amor (Música É Natal/ Com. Shalom)


Por Talita Teresa- Aliança de Misericórdia

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais