Pastoral da Juventude de Santa Catarina celebra 30 anos

Publicado em 27 de novembro de 2012 Por Seja o primeiro a comentar!

 

30 anos da PJ de SC

Durante quatro dias cerca 300 jovens da Pastoral da Juventude de Santa Catarina participaram da celebração dos 30 anos de atuação da pastoral no estado. De 15 a 18 de novembro um acampamento foi realizado na cidade de Ouro, Distrito de Santa Lúcia, cerca de 30 quilômetros de Joaçaba. Com o tema “PJ 30 Anos”, e o lema: “Construindo um jeito jovem de ser Igreja” a comemoração foi marcada por momentos de formação, integração e mística.

No primeiro dia, 15, foram retomadas as características da pastoral nestes 30 anos. Das grandes celebrações dos 10, 20 e 25 anos, bem como, a articulação de encontros menores nos grupos de base. São extremos que fazem destes 30 anos uma história com muitas histórias, estas que foram retratadas durante o encontro. Ainda no primeiro dia de acampamento foi realizada a romaria a Frei Crispim onde os jovens percorreram cerca de 500 metros com orações, memórias e depoimentos até a Igreja de Santa Lúcia, onde Frei Crispim é aclamado santo.

O segundo dia, 16, iniciou com a reflexão sobre o “Seguimento de Jesus” onde o assessor, Renato Munhoz, de Londrina, destacou a importância de não apenas seguir, mas de conhecer o projeto de Jesus “sentir-se parte”, complementa. Na sexta e sábado, 16 e 17, os jovens optaram por 3 de 13 oficinas que iriam ocorrer na Escola de Educação Básica Frei Crispim, todas com ênfase na formação pastoral. Dentre as oficinas, temáticas como teatro, fotografia, Oficio Divino da Juventude, Leitura popular da Bíblia foram trabalhadas. A noite foi iluminada por tochas e velas na celebração dos mártires. Com uma breve caminhada os jovens refletiram a vida e a missão dos mártires do Brasil e do estado que deram testemunho de seguimento ao projeto de Jesus, sacrificando, inclusive, a própria vida.

Sábado, 17, foi dia de acordar cedo para aproveitar o último dia de formação. A palestra sobre a “Identidade da PJ”, assessorada pelo Secretário Nacional da Pastoral Francisco Crisóstomo de Oliveira (Thiesco) e Padre Maicon Malacarne, de Erechim/RS, deram início as atividades que seguiram com as oficinas na parte da tarde. A noite foi festiva com a confraternização ao som da Banda Arco Íris.

No domingo, 18, as caravanas começaram a chegar a partir das 8h. Cerca de 2 mil jovens participaram da celebração dominical e a tarde do show com a banda Mensageiros de Cristo, que também participaram da celebração dos 20, 25 e agora dos 30 anos da PJ de Santa Catarina. Por volta das 16h a comunidade voltava a seu estado normal. As caravanas voltavam para suas cidades de origem, levando o aconchego da comunidade que por 4 dias viveu a intensidade destes 30 anos da PJ de Santa Catarina.

Do encontro, além das lembranças resta uma carta compromisso construída com a participação de todos os jovens presentes, que compartilha parte das emoções e compromissos destes jovens. São 30 anos de caminhada construída por muitas mãos, com muitos sonhos, muita esperança e coragem dos jovens engajados na vida das comunidades, e que fazem esta caminhada continuar a ser construída inspirada na vida do jovem de Nazaré, Jesus Cristo.

Por Marcos Tramontin Serafim, do Teias da Comunicação da PJ – SUL4

Carta Compromisso da PJ de Santa Catarina, pela Celebração de 30 anos de Caminhada.

“Se trabalhamos e lutamos, é porque depositamos a nossa esperança no Deus Vivo” (1 Tm 4, 10)

Nós, jovens e assessores/as fizemos morada no Distrito de Santa Lúcia, terra onde Frei Crispim doou sua vida, cidade de Ouro, Diocese de Joaçaba, entre os dias 15 e 18 de novembro de 2012, para partilhar e celebrar os 30 anos da Pastoral da Juventude de Santa Catarina, fortalecendo nosso jeito jovem de ser Igreja.

Somos protagonistas de nossos passos. A história que construímos ao longo desses 30 anos foi regada de muita ternura, esperança, ousadia e profetismo. Nesses dias de acampamento, vivenciamos a experiência da comunhão fraterna das diversas lideranças e grupos de jovens espalhados pelo estado, por meio de plenárias, oficinas e momentos orantes, na comunhão e memória com todos/as que fizeram e fazem a caminhada da Pastoral da Juventude em nosso chão.
Fizemos memória de nossas origens, desde a Ação Católica Especializada, o Concilio Vaticano II, as Conferencias de Medellín e Puebla, as Comunidades Eclesiais de Base e a caminhada da Pastoral da Juventude catarinense. Refletimos e aprofundamos o seguimento de Jesus Cristo e o compromisso com a construção do Reino de Deus. Provocados/as por nossa história e na fidelidade ao seguimento, nos debruçamos sobre a identidade e a espiritualidade da Pastoral da Juventude, reafirmando nosso jeito jovem de ser Igreja.

Fomos convidados/as a construir, com o lúdico, o poético, a arte e a criatividade, que é característica juvenil, diversas oficinas que nos ajudarão a fortalecer nossa ação na animação dos grupos de base.

Diante das provocações levantadas, refletimos a realidade da juventude inserida nos diversos grupos de jovens, presentes nas comunidades, paróquias e dioceses de nosso estado. Iluminados por tudo que vivemos, partilhamos e celebramos nestes dias, na festa dos 30 anos da PJ, reafirmamos:

· Nossa Fé em um Deus trino, vivo, verdadeiro e libertador, que se fez jovem e pobre e caminha conosco, no anúncio e testemunho de outro mundo possível;
· Nossa ousadia, resistência, compromisso e esperança no seguimento de Jesus, anunciando as bem-aventuranças e denunciando as injustiças e situações de morte;
· Nosso jeito jovem de ser Igreja e nosso espirito missionário, a partir da vivência em nossas comunidades eclesiais;
· Nossa opção preferencial pelos jovens empobrecidos e especialmente por causa destes, a defesa da vida plena para a juventude;
· Nossa opção pedagógica, teológica e bíblica de reunir os jovens em pequenos grupos nas comunidades eclesiais, sendo estes o lugar da felicidade do/a jovem e o centro de nossa ação pastoral;
· O processo de formação integral à luz do Doc. 85: Evangelização da Juventude e das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora do Brasil (2011 – 2015);
· A importância do acompanhamento de assessores e animadores desde os grupos de base até as mais diversas instâncias de nossa organização.

Como Igreja Jovem em Santa Catarina, fortalecendo nossa identidade, na memória de Jesus, a Testemunha Fiel, e de tantos jovens, homens e mulheres, que doaram suas vidas na construção da Civilização do Amor, nos comprometemos a seguir tecendo nossa história, na coerência com o Seguimento, na construção do Reino e na defesa da vida da juventude e dos empobrecidos.

Nossa gratidão ao povo amado da Comunidade Santa Lúcia, da Paróquia São Paulo Apóstolo e da Diocese de Joaçaba que nos acolheram nestes dias aquecendo-nos com seu carinho.

Que o Jovem de Nazaré continue a caminhar conosco e a nos encorajar para seguirmos com os/as jovens, construindo o Reino de Deus em nosso solo catarinense.

Comunidade Santa Lúcia, Ouro/SC, 18 de novembro de 2012

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais