Papa Francisco assinará Exortação Pós-Sinodal dos Jovens dia 25 de março

Publicado em 24 de fevereiro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

A espera está chegando ao fim! O Vaticano divulgou neste domingo, dia 24, que o Papa Francisco assinará a Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Sínodo dos Jovens no próximo dia 25 de março em uma viagem à cidade italiana de Loreto, que fica na região de Marche, província de Ancona, lugar de grande peregrinação mariana em razão do Santuário da Santa Casa de Loreto.

A visita ocorrerá no dia que a Igreja celebra a Solenidade da Anunciação do Senhor. Segundo o diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, a intenção do Santo Padre é “oferecer à Virgem Maria a Exortação Pós-Sinodal” sobre a juventude. O momento central da visita será a Missa na Santa Casa de Loreto na qual ao final assinará a documento pontifício.

Com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, o sínodo aconteceu em outubro de 2018 no Vaticano com representantes da Igreja de todo o mundo e também diversos jovens, que puderam contribuir de forma significativa com os trabalhos sinodais.

Ao final do sínodo, foi entregue ao Santo Padre o documento final do trabalho sinodal, que tem como fio condutor a passagem do Evangelho de Lucas sobre os discípulos de Emaús. “Caminhava com eles”, “Eles abriram os olhos” e “Partiram sem demora” são os títulos de cada uma das três partes do texto. Clique aqui para acessar o documento na íntegra.

O Parágrafo 119 do documento final foi elaborado com a íntegra da emenda feita por Dom Vilsom Basso, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB e bispo de Imperatriz/MA, que afirmou que precisava ser colocado que “a Igreja Católica faz opção pelos jovens. E essa opção requer tempo, pessoas e recursos financeiros”. Com isso, Igreja afirma o jovem como sua opção.

 Do Brasil, além de Dom Vilsom Basso, participaram do encontro Dom Eduardo Pinheiro, SDB, Bispo de Jaboticabal/SP, Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente para a Comissão Episcopal para os Ministério Ordenados e a Vida Consagrada, Dom Gilson Andrade, Bispo coadjutor de Nova Iguaçu, o jovem Lucas Galhardo, do Movimento Schoenstatt e Membro da Coordenação Nacional da CEPJ, e o Cardeal Sérgio da Rocha, bispo da Arquidiocese de Brasília e Presidente da CNBB, que foi o relator geral do sínodo.

por Adilson Jorge, do Jovens Conectados, com informações de Vatican News.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais