Papa Francisco aos jovens: boa caminhada rumo ao Panamá!

Publicado em 21 de novembro de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

A mensagem de vídeo, divulgada nesta quarta-feira, dia em que a Igreja recorda a Apresentação de Nossa Senhora, conclui o ciclo de três mensagens marianas, dedicadas aos jovens a caminho entre a JMJ 2016 e a JMJ 2019.

Foi divulgada, nesta quarta-feira (21/11), pela Sala de Imprensa da Santa Sé, a vídeomensagem do Papa Francisco convocando os jovens para a 34ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que se realizará, no Panamá, de 22 a 27 de janeiro de 2019, sobre o tema «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra» (Lc 1, 38).

A mensagem de vídeo, divulgada hoje, dia em que a Igreja recorda a Apresentação de Nossa Senhora, conclui o ciclo de três mensagens marianas, dedicadas aos jovens a caminho entre a JMJ 2016 e a JMJ 2019.

“Pela primeira vez, a mensagem do Papa em preparação da JMJ é publicada em forma de vídeomensagem a fim de que possa alcançar o maior número possível de jovens e responder ao seu desejo, manifestado durante o recente Sínodo, de comunicar com a Igreja através de formas mais próximas à sua linguagem”, afirma o comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé.

Na vídeomensagem, o Santo Padre se dirige a todos os jovens do mundo, fiéis ou não, incentivando-os a descobrir os valores característicos da juventude. Reconhece a sua disponibilidade de se colocar a serviço dos outros e os convida a colocar em prática esta atitude na perspectiva cristã: “Colocar-se a serviço do próximo não significa somente estar prontos para a ação. É preciso também dialogar com Deus, numa atitude de escuta, como fez Maria. Ela ouviu o que o Anjo dizia e depois respondeu”, ressalta o Papa.

A vídeomensagem serve como instrumento de preparação espiritual para a próxima JMJ no Panamá em 2019, e também como inspiração para a Pastoral da Juventude no mundo inteiro.

 

Segue, na íntegra, o texto da mensagem de vídeo do Papa Francisco.

Queridos jovens!

Vai-se aproximando a Jornada Mundial da Juventude, que será celebrada no Panamá em janeiro do próximo ano e terá como tema a resposta da Virgem Maria ao chamado de Deus: «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra» (Lc 1, 38).

As suas palavras são um «sim» audaz e generoso; o sim de quem compreendeu o segredo da vocação: sair de si mesmo e pôr-se ao serviço dos outros. A nossa vida só encontra sentido no serviço a Deus e ao próximo.

Há muitos jovens, crentes ou não crentes, que, no final dum período de estudos, mostram desejo de ajudar os outros, fazer algo pelos que sofrem. Esta é a força dos jovens, a força de todos vós, que pode transformar o mundo; esta é a revolução que pode desbaratar os «poderes fortes» desta terra: a «revolução» do serviço.

Para colocar-se ao serviço dos outros não basta estar pronto para a ação, é preciso também entrar em diálogo com Deus, numa atitude de escuta, como fez Maria. Ela escutou o que o anjo Lhe dizia e, depois, respondeu. A partir deste relacionamento com Deus no silêncio do coração, descobrimos a nossa identidade e a vocação a que nos chama o Senhor; a vocação pode expressar-se em várias formas: no matrimônio, na vida consagrada, no sacerdócio… Mas todas elas são caminhos para seguir Jesus. O importante é descobrir aquilo que o Senhor espera de nós e ter a audácia de dizer «sim».

Maria foi uma mulher feliz, porque generosa com Deus, aberta ao plano que tinha para Ela. As propostas de Deus para nós, como a que fez a Maria, não são para satisfazer sonhos mas para acender desejos; para fazer com que a nossa vida dê fruto, faça desabrochar muitos sorrisos e alegre muitos corações. Responder afirmativamente a Deus é o primeiro passo para ser feliz e tornar felizes muitas pessoas.

Queridos jovens, tende a coragem de entrar, cada um, no próprio interior e perguntar a Deus: Que quereis de mim? Deixai que o Senhor vos fale, e vereis a vossa vida transformar-se e encher-se de alegria.

Na iminência da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, convido-vos a preparar-vos, acompanhando e participando em todas as iniciativas que se vão realizando. Isto ajudar-vos-á a caminhar para tal meta. Que a Virgem Maria vos acompanhe nesta peregrinação e o seu exemplo vos induza a ser audazes e generosos na resposta.

Boa caminhada rumo ao Panamá! E, por favor, não vos esqueçais de rezar por mim. Até breve!

Por  Sala de Imprensa da Santa Sé, via vaticannews.va

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais