Livro e seminário reflete violência contra a juventude em SC

Publicado em 29 de Maio de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

Capa livro

O Instituto Catarinense de Juventude (ICJ) fará o lançamento de um documento inédito em Santa Catarina neste sábado, dia 30 de maio. O livro “Vozes da juventude catarinense: rodas de conversa” traz relatos, vozes e gritos da juventude catarinense. O lançamento ocorre durante o Seminário Estadual “Violência contra a juventude em Santa Catarina”, que ocorre em São José, das 9h30 às 18h30.

Ao longo de 2014, colaboradores do Instituto realizaram 45 rodas de conversa em 15 cidades, com um único objetivo: escutar os jovens e conhecer a realidade da juventude. “Poucas oportunidades são ofertadas de escuta dos jovens. Instituições e organizações desenvolvem trabalhos e ações para os jovens e não com os jovens. Constroem-se conceitos de juventude e de sua realidade esquecendo-se de escutar o que os jovens pensam sobre si mesmos, sua realidade, seus sonhos e projetos”, destaca uma das organizadoras da obra, Fernanda Cristina Segalin.

E esta construção em rodas de conversas foi encantadora, segundo outra organizadora do livro, Ana Karla Alves. “Foi encantador e desafiador a cada roda, os rostos jovens, a acolhida, as palavras ditas e os silêncios, tudo isso inquietou as equipes de facilitadores. Ouvir as alegrias, medos, tristezas e sonhos da vida da juventude compromete ainda mais com a luta que é diária e que por vezes ouvimos falar, lemos em algum lugar”, lembra Ana.

 Seminário Estadual

Em Santa Catarina, a cada ano, mais de mil jovens são mortos por causas violentas, principalmente vítimas de homicídios e acidentes de trânsito. O evento busca refletir causas e apontar alternativas para o enfrentamento da violência. Mais informações pelo e-mail secretaria@icj.org.br.

Tanto o livro como o seminário tem o apoio do MZF (Missionszentrale der Franziskaner) e Fundo Nacional de Solidariedade/CNBB Regional Sul 4/Cáritas.

Temas e ministrantes:

– “Tráfico de Drogas e Violência”; com padre Vilson Groh e delegado de Polícia Civil Rodrigo Bueno Gusso

– “Segurança Pública e Redução da Maioridade Penal”; com juiz corregedor do TJSC Alexandre Karazawa Takaschima e professora doutora Andréa Márcia Santiago Lohmeyer Fuchs

– “Causas estruturais da violência”; com economista Ivo Marcos Theis

Conheça o ICJ

O ICJ é uma organização nascida para ser serviço à juventude catarinense. Ele foi criado em 2012, a partir de uma articulação de militantes de assessores de organizações juvenis. O Instituto tem como prioridade o trabalho com Políticas Públicas de Juventudes, com ênfase em formação, assessoria e pesquisa.

Fonte: Zulmar Faustino – assessor de imprensa

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais