Jovem testemunha para bispos em Assembleia da CNBB

Publicado em 20 de abril de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

Ao lado de Dom Vilsom Basso, Carlos Eduardo falou sobre o projeto Jovem Guardião da Arquidiocese de São Luís do Maranhão (Foto: Matheus de Souza/CNBB)

Uma entrada exclusiva na plenária da Assembleia dos Bispos do Brasil foi o presente que Carlos Eduardo Santos ganhou na manhã da última terça-feira (17). O jovem vindo do Maranhão testemunhou sobre um projeto de ação social chamado “Jovem Guardião”.

O convite do testemunho veio porque todo ano alguma ação pastoral da Igreja do Brasil tem a oportunidade de partilhar com os bispos sobre sua atuação. Como em 2018 a juventude está em foco, devido à realização do Sínodo em Roma, o projeto Jovem Guardião da Arquidiocese de São Luís do Maranhão foi escolhido pela Comissão Episcopal para a Juventude.

Carlos Eduardo conta como foi emocionante poder partilhar a ação jovem com os bispos e comenta: “Depois que falei, vários bispos vieram me cumprimentar e perguntar mais detalhadamente sobre o projeto. Fiquei muito feliz”.

Jovem Guardião – O projeto tem por objetivo proporcionar uma nova experiência de vida aos adolescentes que cumprem medida socioeducativa. A ação é uma parceria da Pastoral da Juventude (PJ) da Arquidiocese e da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), do Governo do Maranhão.

Dentre as atividades desenvolvidas estão momentos com música, dança e teatro que levam sempre os jovens a refletirem sobre sua trajetória para que possam construir um novo projeto de vida. Além disso, o Jovem Guardião também ajuda no processo de reinserção familiar e comunitária.

(Fonte: A12 – Jovens de Maria)

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais