I Peregrinação da Juventude reúne cerca de 200 jovens na Diocese de Cruz Alta

Publicado em 10 de maio de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

O sol ainda não havia mostrado os seus primeiros raios quando os peregrinos da paz começaram a chegar ao ponto de encontro para a caminhada, em frente da paróquia São José de Pejuçara. O entusiasmo era visível, assim como a expectativa do que estava por vir.

Após acolhida, com momento de oração, um alongamento coletivo marcou a largada para a caminhada de aproximadamente 30 quilômetros entre Pejuçara e Cruz Alta, sendo uma boa parte do caminho estrada de chão batido. A caminhada contou com peregrinos vindos de todas as partes da Diocese de Cruz Alta que, no feriado do dia 1º de maio, optaram por fazer o pedido de paz. Roselene Rosso veio de Ibirapuitã. Saiu com seu grupo ainda na madrugada. No trajeto da caminhada estava “firme e forte”, como fez questão de enfatizar.  O destino foi o Santuário Diocesano Nossa Senhora de Fátima, onde os peregrinos foram recebidos por muitas pessoas que, junto a eles, participaram de uma missa especial, que marcou o encerramento da jornada que levou cerca de 9 horas.

Para o Bispo Dom Adelar Baruffi fica o sentimento de dever cumprido e o agradecimento. “Conseguimos vencer os 30 quilômetros, caminhamos juntos, refletimos, rezamos, convivemos, enfim, foi um dia muito agradável. Todos conseguiram chegar, sem nenhum problema, o que foi muito positivo. Tivemos um grupo grande, cerca de 200 jovens, o que por ser nossa primeira peregrinação é muito bom”, destaca. Segundo o Bispo, os objetivos foram alcançados. “Nosso objetivo, hoje, era refletir sobre a paz. A paz de cada um, do lugar onde vivemos, na sociedade e que as novas gerações sejam mais pacíficas. O sentimento é de missão cumprida. Parabenizamos ao nosso Setor Juventude, que se empenhou na organização desta caminhada, e a todas as equipes que se envolveram”, diz.

 

A Peregrinação da Juventude pela Paz foi organizada pelo setor da Juventude da Diocese de Cruz Alta como forma de reunir aos jovens para um momento de fé e comunhão. Além do ponto de partida e chegada, foram realizadas três paradas no trajeto, onde os peregrinos rezaram e puderam descansar um pouco, beber água e repor as energias. O padre Aldecir Corassa, Coordenador de Pastoral esteve na equipe do suporte e agradeceu, especialmente, às famílias que acolheram aos peregrinos nestes pontos. Para ele, a caminhada foi um momento marcante para a Diocese. “Foi um momento de muita importância para a diocese, principalmente por mostrar a afinidade com os jovens que estão se integrando, caminhando e refletindo rezando junto e mostrando este rosto jovem de nossa diocese que, também, se preocupa com nossa realidade que é sempre buscar a paz no nosso dia a dia”, ressalta.

O trajeto foi tranqüilo. Apesar dos sinais visíveis de cansaço, os participantes estavam motivados. “Apesar do sol e do cansaço, estou bem. A caminhada pela paz acho que o que o mundo mais precisa hoje é a paz, e se a juventude incentivar e fazer estas mobilizações, vamos contribuir para o mundo ter mais paz.

 

Por Greice Pozzatto

Assessoria de Comunicação da Diocese de Cruz Alta

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais