Focolares pedem paz e a unidade entre os povos

Publicado em 11 de setembro de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

OpenYourBorders_20151

Reduzir os financiamentos públicos destinados aos armamentos; atuar na raiz das desigualdades para contrastar a miséria; rever os atuais modelos de governança; adotar um modelo de legalidade organizada em oposição aos fenômenos de criminalidade; garantir um nível de instrução primária universal.

São estes os cinco pontos principais do apelo dos Jovens por um Mundo Unido (MJU), do Movimento dos Focolares, dirigido aos parlamentos nacionais, ao Parlamento Europeu, às Comissões nacionais da Unesco e às Nações Unidas. No dia 12 de março deste ano, 350 jovens representantes de 39 países, reunidos na Câmara dos Deputados do Parlamento Italiano, lançaram esse premente apelo.

Palavras que nestes dias ressoam mais atuais do que nunca, diante de um drama humanitário que não pode esperar pelas reflexões políticas ou pelos tempos das burocracias nacionais e internacionais: «Estamos conscientes do cenário global atual, constelado por inúmeros conflitos que provocam fenômenos como as migrações de povos que tentam fugir da violência, da indigência extrema, da fome e das injustiças sociais das quais são vítimas em seus países. Estas feridas profundas nos interpelam diretamente e nos impulsionam a buscar soluções concretas, para as quais dirigimos a nossa atuação pessoal».

«Para realizar a fraternidade universal – acrescentam, entre outras coisas – não basta a boa vontade do indivíduo: estamos convencidos que seja necessária uma ação da política que mire intervir nas causas dos conflitos e nas condições que geram desigualdade». No apelo, os jovens não apenas denunciam essas causas, mas fazem pedidos claros e explícitos.

Hoje, todos mergulhados na urgência do drama humanitário, também os JMU levantam a voz para dizer: «Queremos a paz e a unidade entre os povos». Convidam a difundir o apelo, apresentando-o com urgência às instituições internacionais, nacionais, locais (ONU, UNESCO, Chefes de Estados, Parlamentos, prefeitos, etc.), e também a líderes religiosos.

Escolheram o dia 11 de setembro como data para «invadir as redes sociais com o Hastag #OpenYourBorders», e lançam iniciativas concretas que terão continuidade e que se unem às muitas já existentes, reunidas no Projeto Mundo Unido.

Na página ‘Dialogue to unlock’, do Facebook, ou pelo endereço info@unitedworldproject.org podem ser publicadas fotos, depoimentos, iniciativas, vídeos, em favor da acolhida e da paz.

O resultado da coleta de fundos pode ser enviado à Cáritas local ou à conta bancária da Secretaria dos Jovens por um Mundo Unido.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=gcAv0Lr34bw”]

Por: Focolares Brasil

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais