Fim de semana missionário: Missão Jovem Caxias – MA

Publicado em 4 de dezembro de 2017 Por 2 Comentários

Formação e missão marcaram o final de semana da juventude missionária no Maranhão.

Para os jovens foi um momento incrível e diferenciado, a manhã de sábado foi marcada pela formação e contextualização do projeto missionário proposto pela CNBB por meio da Comissão Episcopal para a Juventude, em que o Pe. Antônio Ramos (Toninho), assessor nacional trouxe à tona as demandas das diferentes realidades juvenis e explicou o sentido do “Ir” até outros povos na região da Amazônia Legal. O projeto Missão Jovem durante esses 3 anos já contemplou os estados do Tocantins, Pará, Amazônia e agora Maranhão, assim a causa da Amazônia e todas suas necessidades que tangem o povo, terra, políticas públicas e fé, temas intrínsecos aos jovens são abordados. Assim, o momento visa os anseios da igreja a serem atendidos e acima de tudo leva o sentido do evangelho que proclama uma Igreja em saída àqueles que ficam as margens da sociedade.

 

Chapéu de palha e a cultura local: dinâmica “a bagagem missionária” 

A tarde foi marcada por mais formação, dessa vez a partir do prisma da localidade. O padre João Paulo Oliveira assessor do Setor Juventude da Diocese de Caxias preparou uma dinâmica intitulada “a bagagem missionária” que faz o momento de reflexão daquilo que os jovens trouxeram e o que esperam da missão. O momento foi para refletir e deixar tudo para trás, o missionário é preenchido por aquilo que viverá, e nesse momento entregou-se um Kit missionário aos jovens, no Kit uma sacola com Chita e um chapéu de palha, itens que representam a cultura local e serão utilizados durante as missões, fora isso a bagagem encontrava-se vazia para ser preenchida com aquilo que os missionários encontrarão pelo caminho. Para o jovem missionário Luiz Henrique Moraes o momento foi de “conhecimento pessoal e da cultura desse chão que pisamos, o chapéu é o que mais me marcou, pois traz as características do povo daqui, humilde, simples”.

 

O momento formativo continuou com o coordenador diocesano de pastorais, pe. João Paulo Ribeiro Lima, que apresentou os trabalhos da diocese e das paróquias as quais os jovens vão percorrer. Uma característica marcante da localidade ressaltada é as distâncias das comunidades, pois segundo o coordenador “existem comunidades rurais em que nós sacerdotes conseguimos ir uma vez ao ano para celebrar os festejos do padroeiro, pois são povos distantes e um pároco as vezes fica responsável por mais de 40 comunidades”. Por isso, “a missão se torna ainda mais especial, os jovens mostrarão o rosto jovem da igreja”, acrescentou o pe. João Paulo Oliveira, assessor diocesano do Setor Juventude local.

Na noite de sábado os jovens participaram da missa de envio, presidida por pe. Marques Alcobaça, administrador diocesano de Caxias. Os jovens foram apresentados e enviados para a missão, assim receberam a cruz missionária.

Com kit e bagagem formativa em mãos o domingo foi de pés no chão!

O domingo começou cedo e cheio de ansiedade em Caxias, nem os mais de 37º graus marcados nos termômetros desmotivaram os missionários. Os jovens foram para a comunidade de Santa Teresinha do Menino Jesus na zona periférica de Caxias – MA, onde foram acolhidos pelos moradores com muita animação.

Após o momento de imersão na realidade local que iriam encontrar os jovens se encaminharam às ruas do bairro Itapecuruzinho, local de invasões, de grande violência, prostituição e precariedade na cidade. O momento em saída foi riquíssimo de evangelização e troca de experiências, os jovens se dividiram e adentraram as casas.

A abordagem começava com um simples bater de palmas à porta das residências e após se apresentarem como missionários eles partilhavam o Cristo com os caxienses. Algumas residências eles ouviam, outras eles falavam, outros ao menos nem abriram suas portas e assim foi durante todo o domingo…

 

Confiram alguns registros em Itapecuruzinho e posteriormente os depoimentos missionários no nosso hotsite da missão: www.jovensconectados.org.br/missaojovem

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

2 Comentários para “Fim de semana missionário: Missão Jovem Caxias – MA”

  1. Leandro Carvalho Alcântara disse:

    Estas formações devem chegar à Diocese de Zé Doca, que necessita ter um envolvimento maior com à Evangelização

  2. Leandro Carvalho Alcântara disse:

    Uma ação em que o viver e andar no Espírito e na Missão sejam firmes e resistentes.

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais