“Faça-se a luz! (Gn 1,3) – A fotografia como testemunho e transformação social

Publicado em 19 de agosto de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

Hoje é o Dia Mundial da Fotografia! Do Papa Pio IX, primeiro pontífice fotografado da história – ainda no século XIX -, às selfies com o Papa Francisco e a própria conta do Santo Padre no Instagram, a fotografia mudou de forma definitiva nossa sociedade e, também, ajuda e muito a Igreja na sua missão de evangelização.

Muitos estudiosos dizem que vivemos na sociedade da imagem. E realmente é verdade. Somos “bombardeados” por imagens (sejam elas fotografias ou vídeos) cotidianamente. Nossos “instas” da vida que o digam! E se a “imagem fala mais do que mil palavras”, precisamos tomar consciência que ela é fator essencial de comunicação. Mas o que comunicamos? Usamos a imagem para dar testemunho do Evangelho? A fotografia, criada através da inteligência humana, é um dom de Deus!

Papa Pio IX, o primeiro a ser fotografado

A fotografia para mudar e registrar a história

Das diversas facetas da fotografia a que chamamos de fotojornalismo merece destaque. De guerras às manifestações de paz, dos retratos de personalidades aos grandes desastres naturais. A fotografia revolucionou o jornalismo. Selecionamos algumas das fotos mais icônicas e que, por seu poder, não apenas registram a história mas transformam a sociedade.

A Guerra do Vietnã: A fotografia tirada por Huynh Cong Ut mostra uma menina nua, Kim Phúc, que possuía nove anos na época. Ela fugia de seu povoado, após o bombardeiro. As roupas da garota foram queimadas com o calor de mais de 1.200 graus. Ganhadora do Prêmio Pulitzer em 1973 é a mais famosa fotografia de guerra de todos os tempos.

Revolta na Praça Celestial: A imagem mais famosa da revolta estudantil chinesa de 1989. Um jovem solitário e desarmado invade a Praça da Paz Celestial e anonimamente faz parar uma fileira de tanques de guerra.

Menina Afegã: O olhar penetrante é de uma garota afegã, que se refugiou no Paquistão durante a guerra soviética. Sharbat Gula tinha 12 anos quando foi fotografada por Steve McCurry durante uma reportagem da “National Geographic”.

O atentado de 11 de setembro: Uma manhã de pânico e horror com o ataque terrorista na cidade de Nova York, que chocou o mundo em 2001.

O menino sírio: O garotinho morreu afogado em uma praia da Turquia enquanto tentava fugir de barco para uma ilha grega em 2015.

A fome: A foto feita pelo fotógrafo sul-africano Kevin Carter, em 1993, tornou-se um ícone da luta contra a fome na África. Tirada no Sudão, a criança desnutrida sofre sob o olhar de um abutre.

 

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais