Encontrar-se com Jesus, é a motivação mais profunda para a JMJ, afirmou Dom Vilsom em sua Catequese

Publicado em 23 de janeiro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Dom Vilsom com os jovens de língua Portuguesa. (Foto: Jovens Conectados)

“Eu quero me encontrar com Jesus! A grande motivação para a estar na Jornada Mundial da Juventude, a última e mais profunda é esta. Grave isto, é muito importante”, disse Dom Vilsom Basso, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ) da CNBB, em sua primeira catequese na JMJ 2019.

Jovens do Brasil e de Moçambique se reuniram na Paróquia de São Pio de Pietrelcina (Tocumen, Panamá), para a catequese de língua portuguesa, conduzida por Dom Vilsom. O Bispo disse aos jovens que, muitas vezes, eles precisam de um momento maior para encher o coração de coragem, e um destes momentos é a Jornada, que conta com um incentivador especial: “O Papa quer nos levar a este encontro”, afirmou.

Dom Vilsom falou aos jovens sobre como são importantes para Deus e para a Igreja. “Você é importante para Deus, você é importante para a Igreja. Diga: ‘Eu sou importante’! Isto é bonito, isto gera responsabilidade. Eu me sinto responsável, mas não me sinto sozinho. Somos muitos. Ontem só começou!”, concluiu.

O Presidente da CEPJ convidou os jovens a viverem a conversão no “estilo paulino”. “Ele (São Paulo) vai dizer: para mim viver é Cristo! Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim! Este na verdade é o horizonte, é o projeto de vida”, declarou.

Recordando a leitura do livro do profeta Isaías (6, 8), Dom Vilsom concluiu sua catequese chamando os jovens a responderem ao chamado de Jesus. “Imaginem que é Jesus chamando! Qual será a nossa resposta?” perguntou aos peregrinos, e concluiu: “Tenha coragem você, de dizer sim como Maria, de dizer ‘Eis-me aqui, enviam-me’!”.

Por Maurício Lucena, do Jovens Conectados.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais