Em visita à CN, Dom Vilsom fala do projeto Rota 300

Publicado em 25 de janeiro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

O presidente da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB, Dom Vilsom Basso, visitou a sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP), nesta sexta-feira, 22. Ele apresentou à comunidade católica o projeto “Rota 300”, que une a evangelização da juventude às comemorações pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

visita-de-dom-vilson-a-CN_rota-300

O projeto consiste na peregrinação da imagem da Padroeira do Brasil pelas dioceses do país até 2017, quando se celebra o tricentenário do encontro da imagem no rio Paraíba do Sul. A iniciativa está em comunhão com o Santuário Nacional de Aparecida; a CNBB viu aí uma oportunidade de conferir ao projeto um viés juvenil.

“A ideia do Rota é a caminhada, é juventude. Tem a Rota agora que vai acontecer de 1 a 10 de julho, esse Caminho da Fé, e tem essa caminhada pelo Brasil de Nossa Senhora Aparecida, carregada pela juventude”, informa Dom Vilsom.

O trajeto do Caminho da Fé é inspirado no Caminho de Santiago de Compostela e já é um evento realizado há 12 anos. Até 2017, por ocasião das comemorações dos 300 anos da imagem, ele faz parte dos eventos de preparação e das atividades do Rota 300.

Em dezembro passado, de 1 a 12, a peregrinação foi realizada de Águas Pratas (SP) até Aparecida (SP), um percurso de aproximadamente 500 km. Para o ano que vem, concluindo as atividades do projeto, o Rota 300 vai promover, em julho, uma semana missionária por onde passa o rio Paraíba do Sul.

O Rota 300 e a JMJ

A iniciativa desse projeto de evangelização da juventude surgiu no clima da JMJ 2013, com a proposta de dar continuidade ao serviço da juventude à Igreja no Brasil. Dom Vilson explica que a relação do Rota 300 com a JMJ é o espírito missionário deixado pelas palavras do Papa: “Ide sem medo para servir”.

“Foi um espírito missionário que ficou no coração da juventude. A gente sabe que, pelo país todo, novos grupos de jovens, muitas experiências missionárias e nós pensamos que como a cruz da Jornada Mundial da Juventude caminhou pelo Brasil, que Nossa Senhora Aparecida também fosse levada pelos jovens pelo Brasil afora.

Segundo o bispo, esse espírito da Jornada colocou no coração dos jovens a vontade de ser missionário e é justamente esse o impulso que o Rota 300 quer dar. “Com a Mãe Aparecida, levar os jovens a sair de si, a abrir os braços, a fazer o bem, a levar a mensagem de Jesus a todos os recantos”.

Dom Vilsom Basso

Dom Vilsom Basso é da congregação dos dehonianos e, atualmente, bispo de Caxias do Sul do Maranhão (MA). Na Assembleia Geral da CNBB de 2015, ele foi eleito presidente da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB.

Antes da reunião para apresentação do projeto, Dom Vilsom visitou o Santuário do Pai das Misericórdias.

Por Portal CN

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais