Diocese de Uruguaiana reúne mais de 700 jovens na 11ª Jornada Diocesana da Juventude

Publicado em 28 de setembro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

 

foto3

Jovens começam a caminhada penitencial com a Cruz da Jornada Diocesana. Foto: Luciano Dornelles/Pascom.

O domingo (25) foi de 11ª Jornada Diocesana da Juventude em Itaqui (RS), cidade pertencente a Diocese de Uruguaiana. O encontro que reuniu mais de 700 jovens de todas as paróquias da diocese teve a assessoria do padre Neimar Schuster, de Montenegro (RS), que refletiu o tema “As juventudes e a Casa Comum”, baseado na Encíclica do Papa Francisco ‘Laudato Si’ (Louvado Seja) que fala sobre o cuidado com a criação.

Padre Neimar falou da importância de um grupo de jovens, destacando o quanto a juventude se aproxima mais de Cristo estando inserida em um grupo da Igreja. “Com 13 anos eu entrei num grupo de jovens e como jovem de grupo me decidi a entrar no Seminário e ser padre. Hoje acompanho os seminaristas na formação”, disse.

foto2

Padre Neimar Schuster fala da importância de valorizar a natureza, a herança deixada por Deus. Foto: Louise Pires/Pascom.

Sobre o cuidado com a casa comum, padre Neimar fez uma comparação com a parábola do Filho Pródigo, falando da riqueza que Deus dá através da sua criação. “Jesus um dia falou que havia um pai com dois filhos. Este pai tinha fartura na casa. Não faltava nada. Um dia o filho mais novo pediu uma parte da herança que tinha direito. O pai entregou e deixou o menino ir embora. Ele foi aproveitar a vida de maneira desregrada com a herança. Esta história pode nos ajudar a entender o que vivemos hoje na casa de Deus que é o mundo no qual vivemos, e existe muita fartura. Há uma riqueza muito grande no Brasil. Quando a vida está muito boa a gente diz: ‘agora eu vou aproveitar a vida. Curtir’ Só que a gente não descobre como curtir e a acabamos gastando ou usando mal a fartura que temos,” comentou.

Padre Neimar Schuster ainda destacou mais um significado da parábola, que é o retorno à casa do Pai, e pediu para os jovens pensarem naqueles que estão distantes de Deus. “Olhe para a cruz. É por causa dela. Pelo sinal de salvação que nos sentimos na casa do Pai. Muita juventude está longe da casa de Deus. Pensem naqueles que estão longe da casa do Pai e precisam retornar”, falou.

A 11ª Jornada concluiu com uma caminhada penitencial saindo da Igreja São Patrício até o Cais do Porto de Itaqui, aonde teve um momento de Adoração ao Santíssimo e atendimento de confissões. Ao final, os jovens retornaram para a Igreja e receberam a benção de envio através da Santa Missa. A próxima Jornada Diocesana da Juventude será na cidade de Santiago (RS).

Por Padre Evandro Carvalho

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais