Diocese de Amparo (SP) abre inscrições para Missão Jovem

Publicado em 11 de maio de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

O chamado de Cristo de ir e pregar o Evangelho ressoa entre os jovens da Diocese de Amparo (SP), que buscam ser missionários da Boa Nova. Como fruto do projeto Rota300, realizado em 2017 pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, acontece neste ano a segunda Missão Jovem Diocesana de Amparo, que reunirá centenas de jovens na cidade de Santo Antônio de Posse/SP nos dias 27, 28 e 29 de julho. As inscrições para a missão estão abertas até o dia 30 de junho e o jovem precisa ter no mínimo 15 anos. Clique aqui para acessar o formulário.

A missão é o início das comemorações do Dia Nacional da Juventude (DNJ) na diocese, por essa razão também traz como tema “Juventude construindo uma cultura de Paz”. Com visitas às casas, aos enfermos, ao comércio, missas entre outras atividades, os jovens buscarão testemunhar a alegria do Ser Igreja e, assim, mostrar que é possível construir uma sociedade que viva a verdadeira paz, aquela que brota do coração de Deus e é desejo de todos. Os jovens sofrem com a violência e, com a alegria e esperança que os caracterizam, são chamados a serem protagonistas na construção de uma cultura de paz.

Para João Félix, coordenador diocesano do Setor Juvenil, a expectativa para a missão é grande porque será uma atividade que vai envolver jovens de todas partes da Diocese de Amparo e o desejo do Cristo para a Igreja: ser Sal da Terra e Luz do Mundo (cf. 5, 13-14). “A expectativa aumenta quando escuto os testemunhos dos jovens que participaram da Missão Jovem do ano passado na cidade de Amparo. De fato, a Missão Jovem é uma oportunidade de intensificar aquilo que é nossa missão e caminhada de cristão no dia a dia”, alegra-se.

Juventude como prioridade 

A Diocese de Amparo trabalha na elaboração de seu 2º Plano Diocesano de Pastoral. Na Assembleia realizada no último dia 29 de abril, foram definidas as prioridades pastorais da diocese e a juventude está entre as três escolhidas, sendo a mais votada em primeiro momento. Para o bispo, Dom Luiz Gonzaga Fechio, a escolha desta prioridade mostra a importância dos jovens na vida da Igreja e também os desafios que são propostos porque a juventude é uma fase de muita mudança e beleza, mas que requer um olhar, um falar especial para que os jovens se sintam atraídos pela alegria de Ser Igreja em Cristo. As outras duas prioridades escolhidas foram família e iniciação à vida cristã. A intenção é que o novo plano esteja finalizado em outubro para sua publicação.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais