Diocese de Almenara celebra DNJ com símbolos da Jornada Mundial da Juventude

Publicado em 16 de novembro de 2011 Por Seja o primeiro a comentar!

CruzAlmenara

No dia anterior ao evento, 01/11/2011, a equipe de Coordenação Diocesana da Juventude reuniu-se na cidade de Almenara para preparar os últimos detalhes para a festa. No dia 02, quarta-feira, logo pela manhã, às 5 horas, Padre Aleandro e Evandro, representantes da Diocese, dirigiram-se à Diocese de Teófilo Otoni, até a Paróquia São Boaventura, município de Águas Formosas, para receber os Símbolos Santos. As equipes de acolhida também se dirigiram a partir das 7 horas, à quadra do CAIC, local de realização do evento onde acolheram mais de 850 jovens advindos das diversas paróquias da Diocese que, unidos aos jovens de Almenara, somaram cerca de 1200 jovens concentrados para celebrar, louvar e agradecer à Deus.

A partir das 8 horas, vários ministérios de música da Renovação Carismática Católica da Diocese marcaram presença no palco com cantos e orações que fizeram a jovem multidão agitar-se de júbilo. A alegria da juventude contagiava aqueles que apareceram para prestigiar o evento onde a idade não importava, mas marcava-se a alegria refletida em cada rosto que, ao som das músicas de louvor, bailavam como que em um coro ensaiado movidos somente pela graça da união de uma Igreja jovem e acolhedora.

A harmonia existente entre os diversos grupos presentes refletia ainda a unidade da Diocese em torno do propósito celebrado. Após o lanche servido às 10 horas, o grupo retomou as comemorações com apresentação de coreografias pelos jovens da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Paróquia São João Batista. Logo em seguida, os olhos e ouvidos ficaram fitos às palavras de Auricélia Ruas que proferiu uma mensagem a partir do Evangelho da Samaritana que teve o encontro com Jesus à beira do poço. Esta ressaltou as exclusões que aquela Samaritana sofria em seu tempo, mas que, aos olhos do Mestre e Senhor Jesus Cristo, era digna de atenção e graça.

Ao meio dia, o encontro foi interrompido para o horário de almoço, o que não poderíamos caracterizar como interrupção, mas como um reflexo do que celebrava, pois, nos grupos sentados à grama e ao pátio do CAIC, via-se a prática do dom da partilha em que cada um colocava em comum aquilo que tinha.

Às 13 horas, retornou-se com a apresentação dos ministérios de música e, às 13 h e 45 min, a noticía tão esperada soou na voz do Padre Cláudio que anunciou a chegada da Cruz e do Ícone à cidade de Almenara. Grande foi a alegria dos jovens frente ao comunicado que, unidos ao ministério de música que apresentava, formou-se um coro com a música Nova Geração, hino oficial para a JMJ Rio 2013.

A entrada dos Símbolos na quadra do CAIC foi o ápice das emoções do evento. A grande multidão abriu passagem para que se adentrassem e era grande o fervor das orações e cantos ao contemplar a Cruz, símbolo da nossa fé. O momento de contemplação da Cruz e do Ícone foi realizado por cerca de uma hora, onde a fé no Ressuscitado transparecia nas ações daqueles que se punham de joelhos frente à Cruz de Cristo. O momento contemplativo foi acompanhado ao som da apresentação do cantor Eros Biondini com o coro da multidão exaltando tamanha alegria. Alguns dos presentes caracterizavam o momento como “de grande honra para os cristãos católicos da Diocese de Almenara que se faziam unidos na Igreja Católica do mundo inteiro, contemplando os mesmos Símbolos que foram e serão contemplados em outras partes do mundo”.

Após o momento de contemplação, jovens, adultos e crianças, saíram em festa pelas ruas da cidade de Almenara, proclamando, em observação às palavras do Beato João Paulo II, que Jesus é o Senhor e Rei e que é Ele a razão da nossa fé e salvação que, pela Cruz, se doou e nos fez conhecer que o amor não tem limites.

Chegando à catedral diocesana São João Batista, iniciou-se a Celebração Eucarística tendo como proposta a liturgia da “Exaltação da Cruz” presidida pelo nosso bispo e pastor, Dom Hugo Maria e concelebrada por vários padres da Diocese.

Dentre as palavras marcantes do evento, encontram-se as proferidas no início da Celebração Eucarística pelo Padre Valentin, MSC que participou da última Jornada Mundial da Juventude em Madri, e ressaltou a importância da Cruz para o cristão.

“Não existe fé cristã sem Cruz! Devemos abraçar a nossa Cruz, a Cruz que é própria de cada ser, a proposta de vida. Não devemos criar outras cruzes para nós além da que nos já é própria, pois estas o mundo já faz e são cruzes de destruição, a estas temos que combater.”

Durante a homilia, Dom Hugo reafirmou a importância da Cruz no projeto de salvação de Deus. “Quando tudo parecia acabado, não ter mais jeito, Deus mostra que a Cruz não é o fim, mas o início de uma nova etapa, de uma vida nova”. Ele ressaltou ainda a importância de Maria como companheira aquela que, mesmo sob a dor da Cruz de seu Filho, não desacreditou no amor de Deus para com o seu povo e foi testemunha da salvação pela ressurreição de Cristo.

Confirmando as palavras do Padre Valentin, Padre Newton, pároco da Catedral, relembrou aos jovens de que: “a presença da Cruz Peregrina na Diocese, mais do que preparação para o grande momento em 2013 no Rio de Janeiro, remete-nos também compromisso para com a nossa comunidade de fé. O importante não é só a participação no evento, mas os frutos apresentados ao Santo Padre, o Papa, em 2013; frutos estes semeados e iniciados a partir deste momento que a Diocese celebra”.

Ao final da Celebração Eucarística, Dom Hugo convidou a comunidade a abençoar e enviar os responsáveis por entregar a Cruz à Diocese de Araçuaí, na cidade de Itaobim. Dada a bênção final, o povo despediu-se dos Símbolos Sagrados na expectativa de revê-los no grande momento da Jornada Mundial da Juventude em 2013, no Rio de Janeiro, na certeza de que “tudo passa pela Cruz”, mas que a Cruz não é o fim, mas uma etapa da vida onde cada um é convidado a tornar-se novo em Cristo, por Cristo e com Cristo.

Da Diocese de Almenara

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais