Cerca de 250 confessionários estarão disponíveis durante a JMJ 2019

Publicado em 7 de novembro de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

Paralelo aos eventos da JMJ – Jornada Mundial da Juventude – de 22 a 27 de janeiro no Parque do Perdão, localizado no Parque Recreativo Omar, estarão à disposição do público cerca de 250 confessionários.

Cerca de 35 detentos do centro penitenciário de “La Nueva Joya” trabalham na confecção de 250 confessionários que serão instalados no Parque do Perdão durante a Jornada Mundial da Juventude 2019 Panamá.

Uma segunda chance na vida

Como eles mesmos dizem, não é “uma simples obra de marcenaria”, mas se sentem incluídos em um projeto para os jovens do mundo inteiro. Dentro do centro penitenciário de “La Nueva Joya” há uma oficina onde os confessionários são produzidos proporcionando assim aprendizado, trabalho em equipe, horas de descanso e uma das principais preocupações dentro do sistema prisional: a reeducação dos presos, preparando-os para retornarem ao convívio social e evitando o reingresso à criminalidade.

A maioria dos presos chega ao cárcere com baixa escolaridade e pouca ou nenhuma experiência profissional. Somando-se a isso o estigma que a sociedade ainda tem em relação aos condenados, fica difícil para o preso conseguir emprego. A atividade laboral visa proporcionar aos presos o aprendizado de algum ofício, para que assim eles tenham conhecimento e experiência profissional quando retornarem ao convívio social.

Depoimentos

O Jesús Ramos estava convencido de que pagaria sua sentença em meio a quatro paredes, tendo a Bíblia como sua única companhia no entanto, ele foi selecionado para participar da iniciativa e, apesar de não ser católico, reconhece o valioso contributo que a Jornada Mundial da Juventude deixa para a juventude do mundo.

“Eu sou evangélico e grato pela oportunidade, porque eu aprendi a usar as ferramentas para trabalhar com o devido respeito e em conjunto para o mesmo objetivo. Graças à JMJ, sinto-me incluído e feliz por trabalhar para Deus “, disse ele. Ao pensar sobre esses 250 confessionários e sua contribuição, ele disse que estava orgulhoso de ser capaz de contribuir a para o exito desta obra de Deus.

Crédito: @panama2019

Enquanto isso, para Luis Domínguez, responsável pela pintura e supervisão do lixamento dos confessionários, sua experiência tem sido igualmente gratificante e garante que o aprendizado na oficina, será implementado fora da cadeia.

“Embora não possamos estar lá, nós sentimos que estamos fazendo algo importante e agradeço a Deus pela oportunidade que nos foi dada como prisioneiros para contribuir com uma questão tão importante como missão”, disse ele.

O Coordenador do Projeto,  Alma De León, explicou que este trabalho é feito com o apoio de um instrutor e é uma forma de demonstrar à sociedade a capacidade dos prisioneiros e o desejo de ser tornar pessoas diferentes e úteis. Ele explicou que, colocando todo o seu esforço nesses confessionários eles se sentem muito apegados a um interesse espiritual do que algo apenas material; Eles se sentem intimamente ligados a JMJ e a juventude do mundo.

Já o vice-diretor geral do sistema prisional, Sharon Díaz, disse que tais projetos contribui não só na parte técnica. “Sabendo que eles estão contribuindo para o projeto mundial, no sentido espiritual, isso os faz sentir presente na Jornada Mundial da Juventude, independentemente da fé que cada um dos professa e eles sabem a importância de trabalhar em um projeto único como esse”, completou.

Crédito: @panama2019

Os confessionários

A designer de interiores, Lilibeth Bennet, criou dois modelos diferentes de confessionários, ambos inspirados nas linhas e curvas que têm o logotipo da JMJ e além de utilizar as mesmas cores. Para ela, seus projetos chegaram a um patamar ainda mais especial por serem confeccionados por detentos, “(…) é assim que Cristo age em nós: somos transformados. E só Ele é capaz de extrair o melhor de cada um de nós”, disse.

Por Jovens Conectados com informações da Jornada Mundial da Juventude

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais