Bote Fé Olinda e Recife leva multidão ao Salesiano

Publicado em 21 de julho de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

Rosa de Saron fechou o 3º Bote Fé Olinda e Recife em grande estilo

Atendendo ao pedido do Papa Francisco, milhares de jovens de várias partes do Nordeste fizeram uma “bagunça” santa no 3º Bote Fé Olinda e Recife, que foi realizado no sábado (18), no Colégio Salesiano, na Boa Vista, área central da capital pernambucana. O evento iniciou a contagem regressiva de um ano para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Cracóvia, na Polônia.

A abertura do Bote Fé foi na Basílica do Sagrado Coração de Jesus. O presidente da Comissão para a Juventude da Arquidiocese de Olinda e Recife, padre Antônio Gomes, acolheu os presentes, agradeceu a participação e desejou um grande dia de bênçãos, fé e celebração. Padre Deyvson Soares conduziu o momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento.

A dupla DDD fez a abertura dos shows. Ainda no início da apresentação, eles deram uma pausa para a entrada da Cruz da Juventude e da Mãe Rainha de Schoenstatt. Logo em seguida, padre Antônio leu uma carta do arcebispo Dom Fernando Saburido, que estava em Patos (PB), na Sagração Episcopal do novo bispo da Diocese de Garanhuns, Paulo Jackson.

O momento seguiu com a homenagem ao escritor Ariano Suassuna. Emocionado, o neto mais velho de Ariano, João Suassuna, agradeceu a lembrança em nome da família. O boneco gigante do autor de diversas obras consagradas da literatura nacional estava no local.
Com muita animação e cantando músicas conhecidas da juventude, como “Vem Louvar” e “Pirados por Jesus”, os Doidin de Deus começaram a “bagunça”. O segundo a subir ao palco foi o cantor Diego Fernandes. Carismático e com músicas de ritmos fortes, ele agitou a juventude. Nos intervalos dos shows, o missionário da Obra de Maria, Ivanildo Silva, o Ambrósio da dupla DDD, apresentou trechos do stand up “Viver de Rir”.

A última atração do 3º Bote Fé Olinda e Recife foi a banda Rosa de Saron. Com letras conhecidas da juventude, os roqueiros de Campinas fecharam o evento em grande estilo. “Um dos dias mais perfeitos da minha vida”, afirmou o jovem de Timbaúba, Jonatha Luiz. “Valeu a pena percorrer 165 km até o Bote Fé e que venha agora a 4° edição”, disse Carlos Alexandre, de 22 anos, que veio de Tacaimbó-PE. Foi uma belíssima noite de muitas bênçãos. Simplesmente nota 1000”, declarou Leidiane Silva, de Abreu e Lima.

A entrada foi grátis, mas havia camisas para venda para ajudar nos custos, por R$ 20 cada. Quem perdeu a oportunidade ainda pode comprá-las na Cúria Metropolitana, na Avenida Rui Barbosa, nas Graças.

Confira todos os momentos do 3º Bote Fé Olinda e Recife clicando aqui.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais