Bispo Presidente da Comissão para a Juventude CNBB é transferido para a diocese de Imperatriz (MA)

Publicado em 19 de abril de 2017 Por Seja o primeiro a comentar!

Na manhã desta quarta-feira, 19, o papa Francisco realizou nomeou dois novos bispos para o Brasil e transferiu outros dois para dioceses vacantes. Em uma delas, nomeou bispo da vacante diocese de Imperatriz (MA), dom Vilsom Basso, transferindo-o da sede episcopal de Caxias, no Maranhão. Na outra, nomeou bispo da vacante diocese de Joinville, no Estado de Santa Catarina, dom Francisco Carlos Bach, transferindo-o da sede episcopal de São José dos Pinhais, no Paraná.

Dom Vilsom Basso

Dom Vilsom tem 57 anos e nasceu em Tuparendi (RS). Ingressou para o Seminário de Filosofia em 1979, e concluiu a formação em Teologia no ano de 1985, sendo ordenado presbítero, no mesmo ano. Possui especialização em Planejamento Pastoral pela Universidade de Bogotá (Colômbia).

Durante sua trajetória no sacerdócio atuou como vigário paroquial do santuário São Judas Tadeu em São Paulo e como formador em Cagayan de Oro, nas Filipinas. Em março de 2010, foi nomeado bispo de Caxias do Maranhão, pelo papa emérito Bento XVI, recebendo a ordenação episcopal em 30 de maio do mesmo ano. Atualmente é presidente da Comissão para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Seu lema episcopal é “Ecce venio, Domine” – “Eis-me aqui Senhor”.

Dom Francisco Carlos Bach

Nascido em Ponta Grossa (PR), em 4 de maio de 1954, dom Francisco Carlos Bach, foi ordenado presbítero em 1977 e bispo em 2005. Estudou Filosofia no Seminário Maior Rainha dos Apóstolos, em Curitiba, e Teologia no Studium Theologicum, também na capital paranaense. O bispo tem mestrado em Direito Canônico, pela Universidade de Santo Tomás de Aquino, em Roma, Itália.

Como bispo, dom Francisco foi membro da presidência do regional Sul 2 da CNBB (Paraná) e representante episcopal para a Pastoral da Saúde do regional. Seu lema episcopal é “In manus tuas” – Nas Suas Mãos (LC 24,47).

Outras nomeações

Campo Mourão (PR)
A outra nomeação é para uma diocese paranaense. O Papa Francisco nomeou Bispo Coadjutor de Campo Mourão (PR) o Pe. Bruno Elizeu Versari, do clero da Arquidiocese de Maringá (PR), até então pároco de “Santa Maria Goretti” em Maringá.

Pe. Bruno Elizeu Versari nasceu em 30 de maio de 1959 em Cândido Mota, diocese de Assis (São Paulo). Estudou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Curitiba (1981-1983) e Teologia no Instituto “Paulo VI” em Londrina (1984-1987). Depois se especializou em Bíblia na Pontifícia Universidade Católica de Maringá.

Foi ordenado sacerdote em 3 de janeiro de 1988 e foi incardinado na Arquidiocese de Maringá. No decorrer do seu ministério, desempenhou os seguintes cargos: Vigário Paroquial de“Santa Maria Goretti” em Maringá (1988-1990); Assistente do Seminário Maior “Nossa Senhora da Glória” (1988-1990); Pároco de “Santa Isabel de Portugal” em Maringá (1990-2009); Ecônomo arquidiocesano (2001-2009); Membro do Conselho Presbiteral e do Colégio dos Consultores (2001-2010); Vigário Geral (2011-2015).
Atualmente, é pároco de “Santa Maria Goretti” em Maringá (dal 2009) e Diretor da Rádio arquidiocesana (desde 2015).

Joinville (SC)
A outra transferência diz respeito à Diocese de Joinville (SC). O Papa Francisco nomeou Bispo da diocese catarinense Dom Francisco Carlos Bach, até então Bispo da Diocese de São José dos Pinhais (PR). Dentro da CNBB, atualmente é Membro da Comissão para os Tribunais Eclesiásticos de 2a Instância e Secretário do Conselho Episcopal do Regional Sul 2 (Estado do Paraná).

Por CNBB

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais