Bíblia: ensinamentos de salvação

Publicado em 1 de setembro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

jovem-biblia

É preciso ler a Bíblia todos os dias, sem falta. É exigente? Não! Ao ler, você percebe que, assim como você não fica sem banho, não ficará sem a Bíblia.

Mas, ler a Bíblia todos os dias requer disciplina. E na vida, ninguém consegue nada sem esforço. Que o digam os artistas e as mães! Logo, para tudo é exigido empenho e luta, em particular neste campo, quando enfrentamos uma tremenda batalha espiritual.

Assim como a mãe ensina os filhos com exemplos, para que eles aprendam, Deus nos apresenta Sua Palavra e todo o ensinamento da Bíblia. Na Palavra de Deus, não há apenas leis e mandamentos, mas ensinamentos de salvação. É assim que o Senhor nos ama.

Tenha uma hora marcada para a leitura! Se você deixa para ler a qualquer hora, acaba não lendo. O tempo passa, as ocupações tomam conta, e você não lê.

Marque o tempo de duração. Lembrando que 40 minutos é o ideal. Mas é melhor 10 minutos todos os dias, bem feitos, do que querer gastar uma hora e depois acabar não cumprindo.

Escolha um bom lugar, porque a vida de hoje é muito agitada. Pode ser
seu quarto, no seu lugar de estudo, debaixo de uma árvore, enfim, você sabe qual lugar é bom para fazer seu estudo bíblico.

Faça tudo num ambiente de oração, porque é algo espiritual, que você irá fazer para crescer na graça de Deus, para conhecer mais e mais do Pai, do Filho e do Espírito Santo. E claro, você vai começar e terminar com uma oração!

A Bíblia não é um simples livro. A tentação não quer que nos aprofundemos na Bíblia. Muito sutilmente, ela “ajeita” as coisas para que fiquemos sempre na superficialidade. As pessoas se assustam quando lhes são reveladas as verdades da Bíblia, buscam justificativas e desculpas para sua pouca fé.

Mas, nosso Deus não é um Deus de desculpas,. Ele é o Senhor e cumprirá Suas promessas. Gastamos a vida, investimos, evangelizamos, porque acreditamos numa humanidade nova, e isso é verdade bíblica, doutrina da Igreja.

Por Monsenhor Jonas Abib

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais