Arquidiocese do RJ abre processo de beatificação de Guido

Publicado em 18 de janeiro de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

guido-schaffer-surfing-angel-vatican-beatification

A Arquidiocese do Rio de Janeiro abriu oficialmente neste sábado, 17, o processo de beatificação do jovem médico e surfista, Guido Vidal França Schäffer.

O ato aconteceu na Basílica da Imaculada Conceição, em Botafogo, no Rio de Janeiro e contou com a presença do Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, além de outros bispos, padres, religiosos, familiares e amigos de Guido.

Após a breve leitura da biografia, leu-se a carta da Santa Sé que autorizou a abertura do processo. “Tendo examinado a questão, tenho a alegria de informar à Vossa Eminência que, por parte da Santa Sé, nada se opõe a que a causa de beatificação e canonização do referido Servo de Deus possa ser realizada, observando as normas e os inquéritos que os bispos devem fazer nas causas do santos”. A carta foi cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos.

Dom Orani, em sua fala, destacou o testemunho de fé e caridade de Guido, afirmando que sua vida é um modelo para os jovens contemporâneos. “Sem dúvida, eu creio, que aqui se resume os aspectos da vida de um jovem para o mundo de hoje: universidade, a presença na sociedade, o gosto pelo esporte, a dedicação aos pobres, uma vida de evangelização, pregação e oração”.

Disse que o exemplo de Guido comprova que o jovem, como Igreja, longe de sentir-se tolhido na sua vida, tem muito mais liberdade para fazer o bem e de transformar o mundo pra melhor.

No próximo dia 20, festa de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, os restos mortais de Guido Schäffer serão transferidos para a Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, onde o jovem costumava participar das Missas.

Na mesma cerimônia deste sábado, 17, a Arquidiocese do Rio encerrou o processo arquidiocesano da menina Odetinha.

Por: Canção Nova

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais