A Misericórdia me salvou de um aborto

Publicado em 27 de julho de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

c24b2579-4a85-466a-80ed-62c366303cc6

Quem vê a jovem cabo-verdiana, Yara Teixeira sorridente na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece entre 26 a 31 de julho, em Cracóvia, Polônia, não imagina a luta que precisou enfrentar mesmo antes de nascer.

Ao constatar um sangramento durante a gravidez, a mãe de Yara procurou um hospital para acompanhar o desenvolvimento do bebê. Após fazer exames, o médico que a atendeu deu uma notícia difícil: aquela criança dificilmente sobreviveria.

O profissional de saúde preparou todos os equipamentos e procedimentos para realizar um aborto, porém, aquela mulher lhe disse com determinação que o bebê ainda não estava morto, e enquanto houvesse vida, sua gestação seria mantida.

Duas décadas depois desse fato, Teixeira acredita que sua vida não é um mero acaso, e sim, obra da misericórdia e do amor de Jesus. “Graças ao amor da minha mãe, e especialmente, o de Deus, estou viva, e acredito que é uma obra da misericórdia estar aqui nessa JMJ, compartilhando minha história”, destacou.

Segundo a jovem, ter sido salva de um aborto é uma prova de que Deus tem planos para sua vida, e a cada dia tem vivido para anunciar seu amor a outros jovens de seu país, e do mundo todo.

Por Maria Amélia Saad, de Cracóvia

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais